You are currently viewing A Devoção ao Preciosíssimo Sangue de Jesus

A Devoção ao Preciosíssimo Sangue de Jesus

A festa da devoção ao preciosíssimo sangue de Jesus é comemorada no dia primeiro de julho, mas todo este mês é dedicado a essa devoção, que foi decretada pelo Papa Pio IX em 10 de agosto de 1849. Mas com o Passar do tempo foi sendo esquecida. Já no ano de 1960 o Papa João XXIII escreve uma carta “Inde a primis”, exortando os fiéis a viver a devoção ao Precioso Sangue de Jesus.

Esta festa nos remete a fazer memória do mistério da paixão do Senhor, e de sua redenção, que aliás, se não for assim, não terá sentido algum. Precisamos lembrar sempre que Jesus sofreu, padeceu, derramou seu preciosíssimo sangue e morreu na cruz para nos salvar.

Por que essa característica do sangue de Jesus: Precioso – Preciosíssimo? Na primeira carta de São Pedro no capítulo 1, versículos 18 e 19 vai dizer: ‘Tende consciência de que fostes resgatados da vida fútil herdada de vossos pais, não por coisas perecíveis, como a prata ou o ouro, mas pelo precioso Sangue de Cristo, cordeiro sem defeito e sem mancha. ‘

O que significa precioso? Quer dizer que é algo de alto preço, de muito valor. E se o Sangue de Jesus é Preciosíssimo, sendo assim, ele pagou um altíssimo preço por nós. Este sangue tem alto preço e um valor inestimável.’ Foi por amor ‘. E o preço desse amor é incalculável, não dá para medir o amor de Deus.

Essa devoção foi instituída também para podermos adorar o preciosíssimo sangue de Jesus, e não esquecermos do sacrifício que aconteceu para que fôssemos resgatados e livres do pecado.

Como podemos adorar o Sangue de Jesus? Podemos adorá-lo na santa eucaristia, quando comungamos temos que adorar também o sangue de Jesus. Mesmo quando comungamos só a espécie do pão, porque no pão estão presentes o corpo e o sangue, eles não se separam. Em toda missa acontece esse mistério da paixão, morte e ressurreição de Jesus, então, em toda santa missa devemos adorar o precioso sangue de Cristo, tanto na comunhão quanto na consagração, creio que mais ainda na comunhão, porque recebemos a presença real de Jesus em nós.

Meus irmãos, não esqueçamos essa devoção ao preciosíssimo sangue de Jesus. Quando alguém ou algum amigo faz algo grandioso que nos agrada, nós não esquecermos. Com Jesus não pode ser diferente, jamais pode ser diferente, pelo contrário, devemos lembrar todos os dias o que Jesus fez por nós, do preço da nossa salvação.

Que o preciosíssimo sangue de Jesus inunde todo o nosso ser, e que possamos perseverar, e lutar cada dia contra os espíritos malignos e contra tudo que nos tira da presença de Deus. Termino aqui essa reflexão com uma simples, mas poderosa oração ao precioso Sangue de Jesus:

Nós vos agradecemos, Senhor, pelo vosso Preciosíssimo Sangue, pelo qual nós fomos salvos e preservados de todo mal. Amém.”

Adenírio Amarante, Coordenador do Grupo de Oração Mover do Espírito, Jaraguá-GO.