Reflexão: Pandemia não pode parar

Reflexão: Pandemia não pode parar

  • Post category:Destaque

Uso de álcool gel e máscaras, distanciamento social, atividades de maneira remota, fechamento das escolas, comércios e igrejas. De certa maneira, o mundo parou por um tempo, o inadiável teve de ser adiado, o essencial se tornou não essencial, no entanto uma só coisa não pode ser deixada para depois: nossa relação com Deus. Uma só coisa não pode parar: nossa fé, nossa espiritualidade, nossa busca pelo Espírito Santo, isso a pandemia não pode parar.

Dentro de cada um de nós há uma chama que não pode se apagar, há um desejo incessante por Deus que não pode ser calado, São Paulo vem nos dizer que nada pode nos separar do amor de Deus. Veja: “Pois estou convencido de que nem a morte nem a vida, nem os anjos nem os principados, nem o presente nem o futuro, nem os poderes, nem a altura, nem a profundeza, nem qualquer outra criatura poderá nos separar do amor de Deus manifestado em Cristo Jesus, nosso senhor.” Rm 8, 38-39.

Diante disso, independente das circunstâncias ou de onde estivermos, devemos corresponder a esse amor que ultrapassa qualquer barreira. Mesmo que não tenhamos a graça de participar da Santa Missa presencialmente ou do nosso grupo de oração, nossa fé deve ser cultivada, fazendo de nossas casas templos, nossos corações altares, buscando no íntimo de cada um a prática dos carismas, a oração pessoal, o Santo terço em família para que diante de tudo que temos passado busquemos forças em Deus, que nossas vidas sejam transformadas pelo poder da oração e descubramos com esse momento a graça da intimidade com Deus.

“Invoca-me e eu te responderei e te anunciarei coisas grandes e inacessíveis, que tu não conheces.” Jr 33, 3.

Ana Beatriz, coord. do ministério de intercessão do G.O.J. Jesus o Bom Pastor.