You are currently viewing O Protagonismo Jovem na Igreja

O Protagonismo Jovem na Igreja

Em toda a história que nós hoje acreditamos e fé que professamos, sempre houve uma figura jovem que em dado momento foi usada por Deus, que se atreveu a dizer sim e que foi instrumento para transformação de diversas realidades e mudanças das vidas que estavam ao seu redor. Hoje quero abrir mão de sermões e de cobranças pelos que desistem para dizer que ainda podemos ver a história se repetir em diversas formas, vemos inúmeros jovens que diariamente entregam suas vidas, dispõem das suas próprias vontades para cumprirem o querer de Deus, enfrentam alguns sacrifícios, carregam cruzes, no entanto, preferem permanecer ou ir aonde Deus mandar, usam seus dons ao serviço da igreja e dos demais.

Você já ouviu alguém falar que os jovens são irresponsáveis, imaturos, inconsequentes? Aposto que sim, mas vamos ressaltar outra característica que carregamos em nós, a coragem, a ousadia, então quero recordar de tantos jovens, rapazes e moças, que assim como Samuel dizem diariamente: “Fala Senhor, que teu servo escuta” (I Samuel 3,10), e ao ouvirem a voz de Deus ecoar em seu interior, não perdem tempo e logo procuram seus seminários, suas comunidades e ordens religiosas para dar seu sim, entregar sua vida sem reservas, e serem protagonistas do sonho de Deus para a humanidade, dar a nós a graça de termos contato com o céu na terra e alcançar o sobrenatural vendo neles a ação e grandeza de nosso salvador. E não, nós não podemos imaginar que é fácil deixar a família, a vida fora dos muros, abdicar de tantas outras coisas… mas o amor ao chamado, e o convite de Deus os conquistou e continuam a conquistar muitos no nosso meio e em nossos tempos.

Acredito que você, ao longo de sua vida, ouviu muitas pessoas reclamarem do casamento, dizer o quanto é difícil conviver com alguém tão diferente, que antes de querer casar você deve terminar a faculdade, ter um bom emprego, ser independente, ter dinheiro, ter seu carro e sua casa, que deve querer dar aos seus filhos (dois no máximo) tudo que você não teve, não é mesmo? Então eu quero te dizer que tem muitos “jovens da igreja”, que parecem doidos, alienados e etc. que decidiram, por amor a Deus e ao chamado, dizer sim como Maria Santíssima e são José ao matrimonio, acolhendo os filhos que Deus mandar, suportando e amando um ao outro todos os dias de sua vida, e assim se tornam protagonistas, dos planos de Deus para a humanidade, sendo eles terra fértil, educando suas crianças, fazendo a igreja de cristo crescer mesmo em meio aos maus olhares e preconceitos dos que não se acham dependentes de Deus, não deixam para depois, e ainda jovens adentram esse chamado, pois, sabem que não estão perdendo seu tempo de aproveitar e curtir, mas sim estão investindo em uma vida de lutas pela santidade e pelo céu, e isso vale mais.

Se te perguntarem onde estão os jovens, lembre-se que além das boates, bares, bebedeira e zoação, existem muitos outros dando sua vida pelo evangelho, anunciando o amor de Deus aos quatro cantos, jovens que anunciam o reino e a salvação através de sua redes sociais, através das pregações, das músicas, dos livros etc. jovens que simplesmente estão na santa missa fazendo a leitura, ou naqueles lugares ondem ninguém vai, ou ainda aqueles que saem de porta a porta nas missões da vida sendo bocas de profetas para os irmãos, sem se importar com o sol ou a chuva, ou a poeira que estragaria seu tênis. Sim, existem jovens missionários, aqueles que estão além das missas dominicais, e não somem depois da crisma, mas que decidem ficar e se desgastam e se consomem sendo reflexos de Cristo no mundo. Mais uma vez, estes se tornam protagonistas do “IDE E ANUNCIAI” pedido pelo Senhor.

Deus habita em uma juventude corajosa que não tem medo de dar-se, de sofrer, que não tem preguiça de acordar de madrugada para orar, que pedem a opinião dEle antes de dar passos, que se doam, que sangram, que sofrem defendendo a fé e a santa igreja, e sim meu irmão e minha irmã, esse tipo de jovem existe, esses que são protagonistas de um mundo novo, cheio de sonhos, de fé, de esperança e acima de tudo, cheio da presença de Deus. E se pensarem que a igreja está acabando, que só tem gente “velha” e vai morrer jajá, lembre-se da música do Diego Fernandes que diz: “A igreja é viva, a igreja é jovem”, sim a igreja está viva e pulsando como sempre, e a juventude que tanto mencionei, não é só o futuro, nem foi o passado, mas ela é o presente, está aqui entre tantos que disseram não, está aqui lutando para viver a fé e pescar muitos para Cristo.

“Jovens, eu vos escrevo porque vencestes o maligno” (1 Jo 2,13), com essas palavras quero te recordar que você também é um desses protagonistas que falei, você tem um papel, pela sua força dada por Deus, você pode ser mais que um jovem comum que está tão cheio e ao mesmo tempo tão vazio, você é forte em Deus para combater e vencer as tentações e dar continuidade à história e fé que professamos, seja um verdadeiro protagonista, lute e sirva a Deus de todo coração, Deus nos quer perto de sua santa igreja. Qual será a sua resposta a esse chamado?

Da redação, Janayna Reis - Ministério Jovem RCC Anápolis.